OS TREZE MENUS DO MESA DE SAN MIGUEL

boas coisas:pannacotta capa                                                                                                                                                  (foto de Thiago Ferraz)

O MESA DE SAN MIGUEL atende eventos privados de grupos com o mínimo de 12 e o máximo de 22 convivas, oferecendo TREZE menus alternativos e excludentes, que devem ser encomendados com, pelo menos, 72 horas de antecedência, exceto o último que requer somente 36 horas. Assim, é possível escolher entre:

♦ menus com glúten, lactose, proteínas animais e açúcar

os 4 menus franceses rústicos, saborosos e verdadeiros:

* o confit de stinco (joelho de cordeiro: sua melhor parte) com salada marroquina (de tomates e alcaparras) e o gratin dauphinois; nas sobremesas, o flan Joséphine Baker e o pudim diplomata com molho de vinho branco, crème caramel (da França): por R$ 270,00 por conviva

* o cordeiro das 7 horas (pernil braseado durante este tempo) com batatas Anna & salada marroquina (de tomates e alcaparras); depois, suflê de queijos; sobremesas francesas (da França): o flan Joséphine Baker e o pudim diplomata com molho de vinho branco, crème caramel. por R$ 270,00 por conviva

* o coq au vin blanc (de Madame Maigret, a mulher do Inspetor); com batatas Anna, depois, suflê de queijos; entre as sobremesas: flan Joséphine Baker, o pudim diplomata com molho de vinho branco, crème caramel (da França): R$ 250,00 por conviva .

* o miroton  com entradas de petits pâtés de Pézénas e mousse (de pepinos, p. ex.); principal com miroton (um estufado de carne com cebolas que Honoré de Balzac já comia em 1830) e nas sobremesas: flan Joséphine Baker, o pudim diplomata com molho de vinho branco, crème caramel (de várias épocas da França), R$ 260,00 por conviva.

os 2 menus maravilhosos dos pretos do Nordeste do Brasil, também para deixar de pensar que galinha é ruim ou coisa de pobre, não ! ela é comida de príncipes e de deuses:

* o vatapá de galinha (prato de Xangô), com acaçá, farofa de dendê e arroz basmati no leite de coco, levando como entrada a salada de bacalhau com feijão fradinho e cebolas ; depois, sobremesas do Brasil: por R$ 250,00 por conviva (da Bahia e também de todos os Nordestes do Brasil)

* o xinxim de galinha (prato de Oxum) com farofa de dendê, acaçá e arroz branco; como entrada é servida a salada de bacalhau com feijão fradinho e cebolas, sobremesas do Brasil: R$ 250,00 por conviva (da Bahia de todos os Santos)

Os 6 menus exóticos e sonhadores que dão a volta ao mundo: o do Marrocos, o da açorda portuguesa (a de bacalhau OU a de marreco); e o  menu mestiço de Goa (Portugal e Índia), o do Leste europeu, um menu confiança e o menu chamado O Fino da Bossa:

* a tajine de cordeiro com o gratin dauphinois, acompanha a salada marroquina (de tomates e alcaparras); entre as sobremesas a crème caramel. por R$ 270,00 por conviva (do sul do Marrocos)

* a açorda (de bacalhau ou de marreco), servida com molho maionese, acompanhada por salada marroquina de tomates e alcaparrasentradas do Mesa, sobremesas portuguesas com receitas do século 19: por R$ 260,00 por conviva (de todos os lares de Portugal)

* comida mestiça de Goa na entrada: caril de bacalhau à moda de Goa, depois thoran de legumes; principal com porco vindaloo (caril especial) e arroz de coco; sobremesas: os gulab jamum (deliciosos bolinhos em calda aromatizada) e salada de frutas especiada; por R$ 260,00 por conviva (das Antigas Índias Portuguesas).

* comidas do Leste europeu (a tcheco&eslovaca e a russa): entrada com um  borchtch à russa (uma sopa de beterrabas e outros legumes, iscas confitadas de marreco, feijão vermelho e creme azedo); seguimos com peito de marreco com molho cumberland e os houskové knedlíky  (um pão tcheco&eslovaco feito no vapor); depois, suflê de queijos; sobremesas do Mesa: salada de frutas em calda de especiarias; pannacotta de iogurte com compota de frutas secas e crème caramel. R$ 260,00 por conviva

* um menu confiance com recepção, uma entrada, principal com acompanhamento e sobremesa. R$ 250,00 por conviva que pode ser encomendado com 36 horas de antecedência.

O fino da bossa: Jantar exótico composto por pratos de várias procedências culinárias ao redor do mundo, construído através de hors d’oeuvres, uma ou duas entradas, primeiro e segundo pratos com acompanhamento, entremet de queijos e três sobremesas. Feito para somente seis/sete convivas, a R$ 800,00 por conviva.

POR FAVOR, informe-se sobre a natureza dos pratos, sem nenhum constrangimento, pelo: contato@mesadesanmiguel.com.br

SAIBA MAIS: todos os menus são precedidos de alguma entrada muito interessante, que depende do mercado, podendo ser: patê francês de aves (com ou sem frutas); ou resgate do patê do Floresta Negra; ou azeite-azeitonado; ou mostardas do Mesa; ou charque de magret de pato defumado com geléia; ou tapenade; ou botarga à grega; ou a manteiga maître d`hôtel com pão da Casa.

SAIBA TAMBÉM QUE  os pratos dos pretos (nordestinos) são acompanhados pela de salada de alface picadinha, MAS todos os demais são acompanhados por saladas do sul do Marrocos (pela de laranjas com azeitonas pretas e/ou pela de tomates com alcaparras, ambas aromatizadas com páprica doce, cominho em grão tostado, azeite e limão), porque ambas vão muito bem com quaisquer destes outros pratos.

ENFIM todos os menus encerram com fartura: a suntuosa mesa de sobremesas do San Miguel, onde comparecem, sempre, as antigas sobremesas do Brasil do início do século 20 (como os pudins de laranja, o de queijo e o de chá, a rabanada especial, o amor-em-pedaços, a torta de bananas), o pudim do rei Don Miguel; algumas sobremesas francesas clássicas (como a bavaroise e a crème caramel) e algum bolo, como o francês de nozes aromatizado com casca de laranja confitada e caldas de laranja e limão ou o brasileiro de milho com erva-doce com compota de uvas frescas e, muitas vezes, a pannacotta de iogurte italiana com sua compota de frutas secas. E mais, em noite de comida portuguesa, podem comparecer receitas executadas segundo técnicas do século 19: a aletria, os ovos moles do Aveiro, as queijadinhas de Sintra e o pudim do abade de Priscos (que já comia Dona Maria I, a rainha louca de Portugal e mãe do nosso Don João VI: mas não foi por causa do pudim que ela enlouqueceu, ora pois !)

No Mesa, os convivas trazem o que querem beber, sem pagar nenhuma taxa. Aliás, não pagam estacionamento, couvert, água filtrada gelada, rolha, nem tampa ou 10%.

POR FAVOR: uma vez que a cultura dos antirrestaurantes é diversa da comum, leia, neste Blog, as páginas com títulos: página inicial, quem somos e o que fazemos e antirrestaurante.

muito obrigado.

 

Anúncios